o corante natural com múltiplas propriedades e benefícios

o corante natural com múltiplas propriedades e benefícios

Rate this post

A cúrcuma é uma planta muito usada como tempero na cultura asiática e um dos principais ingredientes do tão famoso e saboroso prato. Normalmente compra-se em pó, especialmente na Europa e América, onde encontrar a cúrcuma em seu estado natural é mais complicado.
Tem um cheiro e um sabor vibrante, com nuances doces, toques picantes e um fundo legal que me lembra uma flor, tudo isso fica sob uma cor dourada e uma textura aveludada espetacular. Eu pessoalmente sou um FÃ incondicional desde há anos.
Benefícios do açafrão


Em alguns países asiáticos, especialmente na Índia, considera-se que tem propriedades mágicas e a verdade não é para menos, com todos os benefícios que nos proporciona. Daí que também seja uma das principais plantas da medicina ayurvédica.
Embora a cúrcuma contém óleos essenciais, ácidos gordos e uma série de compostos curcuminoides, um dos principais princípios ativos é a curcumina, um antioxidante que também é o causador de dar ao rizoma (caule) da planta a sua cor característica.
Tem um aspecto muito semelhante ao gengibre. De fato pertencem à mesma família (zingiberaceae) e daí a sua semelhança.


Propriedades de açafrão


1. Cúrcuma benéfica para a pele


Na medicina tradicional Chinesa desde já há muito se usa a cúrcuma para a cicatrização e cura de feridas. Seu poder anti-inflamatório, além de seus benefícios nos complexos processos de reparação tecidual, a tornaram uma boa opção para o tratamento de todos os tipos de afecções da pele.
Algumas pesquisas têm demonstrado o efeito inibidor da curcumina sobre o ácido araquidônico, melhorando as lesões da psoríase.
Também foi demonstrado que a cúrcuma, graças ao seu grande poder antioxidante, inibe o efeito da oxidação do DNA da epiderme, sendo muito eficaz na prevenção e cura do câncer de pele.


2. Efeito da cúrcuma a nível gastrointestinal


Foi demonstrado que apresenta um efeito protetor contra doenças como gastrite, úlcera gástrica, câncer de cólon e câncer de estômago e inibe a proliferação de células do câncer de cólon in vitro. Quase nada não? Pois ainda há muito mais!


3. Cúrcuma como protetora do fígado


Uma das propriedades mais importantes é a função hepatoprotectora de cúrcuma. Reduz o risco de desenvolver cálculos biliares e diminui os níveis de colesterol e triglicerídeos.
Também reduz a hepatotoxicidade causada pelo consumo de paracetamol.


4. Cúrcuma e diabetes


Diversas pesquisas afirmam que a curcumina diminui o risco de diabetes, diminuindo os níveis de glicose no sangue, através da melhora da função das células beta do pâncreas, responsáveis pela liberação de insulina.
Um estudo publicado na revista americana Diabetes Care, revelou que o consumo de cúrcuma de forma regular em pacientes com pré-diabetes, ajudou a prevenir o desenvolvimento da doença.


Cozinhar com cúrcuma


Agora chega a parte que eu gosto para mim, falar sem muitos termos técnicos. Além disso, com todas as coisas boas que nos dá esta especiaria, estarão desejando aprender a usá-lo ou adicioná-lo aos pratos.
Por sorte, tudo são vantagens. Por um lado o preço, que isso também há que ter em conta. É um produto de baixo custo ao alcance de todos os bolsos, relativamente fácil de encontrar e, sobretudo, de incorporar as refeições.
Se fosse um produto de um sabor desagradável, sempre é complicado. Ninguém gosta de comer algo que o nosso paladar repele.. mesmo que seja com um fim medicinal. Neste caso, estamos de sorte. A cúrcuma tem um sabor agradável e cheia de cor as nossas refeições, por ser um dos melhores corantes.
Você vai ver como, se você adicionar a guisados, sopas ou ensopados, alimentos como batatas, arroz e massas, adquirem uma cor muito atraente e apetitoso.
Isso se, é importante que adicione justo quando terminar o cozimento, porque o calor excessivo destrói as propriedades da cúrcuma.
Eu também o uso em pratos frios, como saladas de legumes, lanches e, claro, meus sumos depurativos ou antioxidantes. Duas ou três colheres de chá de café são suficientes.


Espero que tenham achei interessante o tema e se alguém tiver alguma contribuição mais, pode deixar o seu comentário.


Saudações e até a próxima!!


Fonte:


Mesa, M. D.; Reis Maia, M. C.; Aguilera, C. M.; Ramirez-Boscá, A. e Gil, A. Efeitos farmacológicos e nutricionais dos extratos de Curcuma longa L. e dos cucuminoides. Ars Pharmaceutica, 41:3; 307-321, 2000.